Por que Florianópolis possui o ambiente mais favorável para o empreendedorismo no Brasil?

Em estudo divulgado no dia 24/11/2014 – por meio da análise de 50 indicadores – Endeavor aponta Florianópolis como a capital Brasileira com o ambiente mais favorável para o empreendedorismo no Brasil.

Blog 14 - 28-11-2014

O estudo analisou as 14 capitais brasileiras com mais de 1% das empresas de alto crescimento do Brasil (ou seja, com empresas que cresceram pelo menos 20% em número de funcionários nos últimos 3 anos), considerando 7 pilares que constituem o Índice de Cidades Empreendedoras (ICE):

  • Ambiente regulatório: Tempo de processos + Custo de impostos;
  • Infraestrutura: Transporte interurbano + Condições urbanas;
  • Mercado: Desenvolvimento Econômico + Clientes Potenciais;
  • Acesso a capital: Capital disponível via dívida + Acesso a capital de risco;
  • Inovação: Intensidade de Investimentos + Potencial de geração de ideias;
  • Capital Humano: Acesso e qualidade da mão de obra básica + Acesso e qualidade da mão de obra qualificada;
  • Cultura: Potencial empreendedor + Imagem do empreendedorismo.

 

O ranking final distribuiu as 14 capitais da seguinte forma:

  1. Florianópolis (SC) – 7,53
  2. São Paulo (SP) – 7,46
  3. Vitória (ES) – 7,16
  4. Curitiba (PR) – 6,96
  5. Brasília (DF) – 6,33
  6. Belo Horizonte (MG)– 6,15
  7. Porto Alegre (RS) – 5,94
  8. Goiânia (GO) – 5,91
  9. Rio de Janeiro (RJ) – 5,86
  10. Manaus (AM) – 5,33
  11. Belém (PA) – 5,24
  12. Recife (PE) – 4,83
  13. Fortaleza (CE) – 4,77
  14. Salvador (BA) – 4,53

 

Mas voltando para a pergunta-título deste post (Por que Florianópolis possui o ambiente mais favorável para o empreendedorismo no Brasil?), o estudo apresenta como destaques da capital de Santa Catarina:

  • Capital Humano (1o lugar): pessoas qualificadas são a base do empreendedorismo e Florianópolis é um ótimo exemplo, possuindo mais de 30% da população com graduação e a maior concentração de mestres e doutores comparada com as outras capitais. Cabe destacar o papel da UFSC para o bom desempenho neste indicador;
  • Infraestrutura (2o lugar): considerando qualidade de vida e outros aspectos (segurança, trânsito, custo de imóveis, etc), a ilha possui um bom equilíbrio frente às outras capitais. Um ponto de destaque neste pilar é o percentual da população conectada a internet, que chega a 80%;
  • Inovação (2o lugar): possui o maior índice de mestres e doutores em empresas, além de um bom relacionamento entre empresas e as universidades.

 

Florianópolis possui alguns desafios estruturais para ampliar seu desempenho em relação ao empreendedorismo:

– Possui o menor PIB entre as 14 capitais do Estudo;

– Falta de investimentos ao longo do tempo;

– Morosidade no ambiente regulatório, por exemplo, para se abrir uma empresa em Florianópolis, o empreendedor leva (em média) 80 dias, ficando na frente apenas do Rio de Janeiro (100 dias) e Porto Alegre (245 dias).

 

Gostaria de conhecer mais sobre este assunto? Seguem algumas matérias sobre o mesmo:

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s